Última cartada

Deixa o atraso furar a fila do medo, da rotina. Nem mesmo o tempo pode parar. Os detalhes acontecem nos olhos da paixão contida no peito. O saber, o desapego enclausurado nas conversas, nos bastidores de um amor esculpido por uma felicidade verde oliva. É no batente da porta fechada na cara, que tuas manhãs continuam mornas. Assadas na forma junto ao bolo de canela com chocolate. Teus vacilos se prenderam na babilônia já extinta. Esse maldito coração é uma peça que se solta aos poucos, desse joguinho estilo playmobil corriqueiro de sorrisos forjados.
Reconheço teu rosto maquiavélico, no altar de minha estupidez. Jogo cartas de um baralho desconexo. Essa paciência limitada refaz toda a frieza desse teu sorriso torto. Ontem a lua jogou pedaços de seus amores entre as minhas mãos. Pela manhã devolvi ao sol todas as suas lamúrias. Não importa se esse amor é tão bonito. Nem se todas as minhas vaidades estão sendo jogadas aos seus pés novamente. Não quero estender essa loucura. Tá tudo tão elegante, tão discreto guardado nesse buraco de idéias fixas. Não vou te mostrar as chaves de minha auto-destruição, nem vou me mostrar por inteira. De novo você vai pedir pra sair e nunca mais vai voltar.
Deixa teu espaço em branco, feito nuvem embaçada querendo chover. Deixe que a vidraça da sala se estilhace junto à esse peito de concreto moldado a mão. Nem os enfeites que foram criados em tua ausência me deixaram sorrir. Guarde a névoa. Guarde as lembranças no vazio que um dia foi preenchido e me espere com uma taça de champagne Veuve Clicquot entre as mãos, na bravura de sua esperteza não se engane, como cantava Cazuza "Quem tem um sonho não dança", sei exatamente onde sua valsa ainda alimenta meu jazz moderno. Agora com sua licença vou desmontar estrelas desse meu jogo racional e contar as notas de sua performance como o último romântico...

92 comentários:

  1. Não jogue fora vocabulário, não desperdice este fogo aí de dentro. Há melhores maneiras de consumi-lo.
    As suas.

    ResponderExcluir
  2. 'Desmontar estrelas de um jogo racional'.

    Isso tem uma parte com o divino. Achei fascinante esse trecho.

    Sua escrita é cativante e intensa. Coloca interrogações deliciosas em lugares inusitados.

    Elogios seus são uma honra pra mim.

    ResponderExcluir
  3. JU,

    Adorei o texto !


    Bjo Grande e uma Semana de Sorrisos.

    ResponderExcluir
  4. Minha amiga:
    Podia sublinhar qualquer parágrafo deste teu belíssimo texto mas realço este:
    "Agora com sua licença vou desmontar estrelas desse meu jogo racional e contar as notas de sua performance como o último romântico..."

    Desmonta as tuas estrelas, e segue em frente!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Deixe-o e se liberte. Alimente o fogo com algo que tenha tanta conexão que você no fim nem irá sentir nada. Quando isso acontece comigo, eu ouço música e escrevo para mim.

    ResponderExcluir
  6. Lindo, intenso e profundo. Sem palavras!

    ResponderExcluir
  7. Obrigado pela visita!
    adorei seu texto.parabéns
    Estou seguindo!

    ResponderExcluir
  8. "Reconheço teu rosto maquiavélico, no altar de minha estupidez. Jogo cartas de um baralho desconexo. Essa paciência limitada refaz toda a frieza desse teu sorriso torto."

    Não sou bom nas palavras como você!
    Assim, toda vez que venho aqui, sou brindado com algo que me leva a uma outra dimensão do uso da língua...

    Parabéns!

    Andou sumida, querida!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Voce é pura intensidade. Puro gracejo e delicadeza, eu amei o texto querida.

    ResponderExcluir
  10. auto-defesa destrutiva...
    gostei do texto.

    Bjim e bom texto

    ResponderExcluir
  11. ju,
    sempre que cá venho encontro aquilo que procuro não deixar morrer, jamais, em mim: a capacidade de me surpreender.
    obrigado!
    beijos!

    ResponderExcluir
  12. Tudo um dia tem seu fim (infelizmente)

    Lindo texto Juu!!

    Bjão.

    ResponderExcluir
  13. Minha querida

    Um texto muito bem escrito, como de resto já nos habituas-te...os teus textos falam.

    Agora com sua licença vou desmontar estrelas desse meu jogo racional e contar as notas de sua performance como o último romântico...

    Neste parágrafo...está contido toda a essência das palavras.

    Beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  14. Ju querida, estou em falta contigo....sorry. Obrigada por suas visitas e doces palavras, vc. é uma fofa.
    Mais qdo aqui estou, parece q. não quero mais sair, suas escritas seduz e envolve de uma tal forma que agente não quer parar de ler vc. Em cada palavra que se forma frases, vou viajando e me deixando levar, como se ali estivesse. Incrivel a forma contundente e visceral como escreve.

    Bjtos na alma e este joguinho de monta e desmonta de encaixa e desencaixa tipo playmobil é o que faz a diferença e recebe um nome sutil de AMOR. Se isto não tem graça.

    ResponderExcluir
  15. Sempre demais Jú, profundo como o escuro!!!!
    muitos beijos

    ResponderExcluir
  16. Belo texto!

    Sinto sua falta lá no blog, moça :D

    ResponderExcluir
  17. Incrivel!
    Já falei o quanto achei teu blog lindo e o canto sua escrita é maravilhosa?

    ResponderExcluir
  18. tEM UM SELINHO LÁ NO BLOG TE ESPERANDO FLOR!!


    BEIJOS
    =)

    ResponderExcluir
  19. E que mesmo desmontadas, essas estrelas continuem a brilhar. Sonhar é essencial.

    ResponderExcluir
  20. Nossa Ju, ainda que sutil como seus textos geralmente são, esse foi forte. De uma intensidade incrível.
    Amei, voltou com chave de ouro (odeio essa expressão, acho tão clichê, mas não consigo achar outra =T)
    Poderia colar um monte de frases aqui, acho melhor falar que me encantei com o texto inteiro!

    Beijo grande, flor!

    ResponderExcluir
  21. Interessante o texto,,,mistura uma tristeza por algo que não deu certo,,,mas tambem carrega uma imensa vontade de conquistar,,,de ser feliz,,,de nunca se entregar a perda dos sonhos...beijos querida e um dia lindo pra ti.

    ResponderExcluir
  22. por mais jogadas que nossas vaidades estejam, as vezes realmente a locura não vale a pena!

    bjo mocinha!

    ResponderExcluir
  23. OI Juh,
    Que texto forte, intenso! Gostei muito.
    Bjkas e uma ótima 3ª-feira para vc.

    http://gostodistonew.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. "Reconheço teu rosto maquiavélico, no altar de minha estupidez. Jogo cartas de um baralho desconexo. Essa paciência limitada refaz toda a frieza desse teu sorriso torto. "

    Matou a pau!

    Você escreve bem demais, Ju!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  25. Estou visitando seu blog para convidá-lo a participar de um evento que está sendo promovido no meu blog.

    Minha proposta é ajudar na divulgação de blogs, possibilitando que os blogueiros sejam mais reconhecidos na blogosfera assim como conheçam outros blogs interessantes.
    Nesse primeiro evento, você blogueiro ajuda a divulgar seus blogs favoritos, num próximo evento já previsto, você divulga o seu blog no nosso espaço. Diversos eventos serão realizados com periodicidade constante.
    É a sua chance de divulgar seu blog, ganhar mais seguidores e reconhecimento.É também uma grande oportunidade para conhecer outros blogs.

    Participe desse primeiro evento. Siga o blog DIVULGAÇÃO.Transforme-se em um divulgador de blogs. Promova seu blog e seus eventos. Contribua com esta idéia e ajude a transformar esse blog em uma revista especializada em garimpar, divulgar e compartilhar talentos na blogosfera.

    Desde já agradeço

    Ana (Blog Divulgação: www.revistadosblogs.blogspot.com )

    ResponderExcluir
  26. Adorei o post, Ju.
    Lindo.


    Obrigada pelo carinho!! xD

    bjoo

    ResponderExcluir
  27. Uauau é tão bom aki pertiiinho do sol, a menina poetiza está cada dia melhor, um arraso seu texto, vc é d+++++ guria, pra ti bjos, bjos e bjossssssssssssss

    ResponderExcluir
  28. Meu Deus! Perfeito!
    Parabens!

    seguindo! Da uma passadinhaa la no meu, comecei agoraa, e se gostar seguee =**
    Beijoo

    ResponderExcluir
  29. Moça bela, gosto da forma como dá recados, como atiça, como aproxima ou afasta o sujeito que intercala com o eu-lírico.

    Beijo procê!

    ResponderExcluir
  30. "Nem os enfeites que foram criados em tua ausência me deixaram sorrir."


    nossa....

    parabens Ju..

    Beijos

    ResponderExcluir
  31. É incrível a sua capacidade de escolher e arranjar as palavras em bélissimas metáforas. O resultado são sentimentos, situações e posicionamentos, resumidos em períodos e textos puramente poéticos.

    É sempre delicioso, ler os teus escritos.
    Quando crescer, quero ser como você! rs

    ResponderExcluir
  32. Existe uma alegria e sabedoria única no desequilíbrio.
    Que excita em qualquer grau, sílaba ou poesia.
    E acho que é assim que os poetas se sentem. Acho que é assim que você se sente.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  33. Gostei imenso deste texto.

    Adorei a parte: « Não vou te mostrar as chaves de minha auto-destruição, nem vou me mostrar por inteira. De novo você vai pedir pra sair e nunca mais vai voltar. » De certo modo devemos guardar sempre o que somos para nós próprios, especialmente as nossas fraquezas. Ou pelo menos tentamos.

    Um beijinho *

    ResponderExcluir
  34. "Esse maldido coração é uma peça que se solta aos poucos, desse joguinho estilo playmobil corriqueiro de sorrisos forjados"

    simplesmente cativante...uma força nascente decorrente do reflexo dos relacionamentos citados !

    obrigado pela visita ao Cronicas !
    sempre que comentar sera bem vinda.....

    alias ...sua beleza vai alem dos textos....

    http://univresovonserran.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. Oi, tudo bem? :) Estou passando para convidar você para dar uma conferida no meu blog. É um blog para deixar o seu com a sua cara. Espero que goste. Beijinhos :*

    ResponderExcluir
  36. Alimente a esperança, mas sem se tornar refém dela.
    cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  37. Muito muito bom teu texto.
    Tocou-me mesmo.

    beijo!

    ResponderExcluir
  38. Como tudo na vida, tem um fim.

    Lindo texto, Ju!

    Beijocas!

    PS: Estás sumida do meu cantinho, vim te buscar.

    ResponderExcluir
  39. Tem dia venho aqui e acho que to lendo o que eu mesma escrevi.

    ResponderExcluir
  40. uou! também adorei.

    calculado demais pra ser romântico e é de amor.

    ResponderExcluir
  41. Doce é seu blog, sério mesmo... seus posts tem um gosto doce muito suave :)

    Adorei, to seguindo!

    Bjsbjs

    ResponderExcluir
  42. Selinho pra você no meu blog linda!

    Parabéns pelo texto, você escreve lindamente *-*

    ResponderExcluir
  43. Ju, o texto tá lindo... realmente lindo!
    Assim como tudo por aqui.
    Tu escreves tão bem *-*

    ResponderExcluir
  44. Adoro essa tua brincadeira com as palavras!!!!

    ResponderExcluir
  45. Um dia lindo pra ti menina bonita...beijos e obrigado pelo seu carinho sempre.

    ResponderExcluir
  46. Minha querida, vc escreve lindo demais! Adorei isso: "Ontem a lua jogou pedaços de seus amores entre as minhas mãos. Pela manhã devolvi ao sol todas as suas lamúrias."

    Faço isso sempre tb... rs
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  47. Adorei a sua forma de escrever. São versos perfeitos inseridos em um texto, formando um belo texto, lido com deleites poéticos.
    Parabéns! Escreva sempre.
    Um grande Abraço!

    ResponderExcluir
  48. Adorei a sua forma de escrever. São versos perfeitos inseridos em um texto, formando um belo texto, lido com deleites poéticos.
    Parabéns! Escreva sempre.
    Um grande Abraço!

    ResponderExcluir
  49. Nesse seu texto lindo, me encontrei... De verdade!

    ResponderExcluir
  50. Vou levar o Cazuza e o bolo de canela, pode ser??

    (Você escreve dum jeito todo misturado e bom que nem sei mais parar de ler...)

    ResponderExcluir
  51. Que texto intenso, maravilhoso adorei
    Parabéns.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  52. Um lindo final de semana pra ti querida,,,muito carinho, amor, paz e poesia....beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  53. Achei que as escritas intensas e fortes não pudessem vir acompanhadas da leveza de pensamento ... me enganei. Parabéns pelo lindo texto!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  54. Ju
    que texto belo, adorei!
    Você tem o dom das palavras!
    Um beijo querida!

    ResponderExcluir
  55. São palavras motivadas a nos mostrar, o que esta acontecendo no seu 'dentro'.
    E nessas entrelinhas, esta muito de você.
    E muita gente aqui ainda vai dizer que se identificou com algum trecho, uma frase que seja... Vai ver é por que todos vivem a mesma fase de vida. A fase viva mesmo! =D


    BjauM!


    www.suportedamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  56. Um lindo sabado de muita paz e muito carinho pra ti querida...beijos e beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  57. Nunca vim aqui, primeira vez, mas pelo visto escreve muito bem.
    Seus textos são ricos e me lembrou de algumas coisas que o amor faz comigo.
    Gostei. ^^
    =*

    ResponderExcluir
  58. Um jogo que pode até começar totalmente racional, mas que ao final se entrega ao menos um pouquinho ao nosso aliado/inimigo coração...
    Não se entregar totalmente é uma ótima estratégia, mas nem sempre fácil de ser seguida...
    beeijo ;*

    ResponderExcluir
  59. =D

    "Me avise quando for embora..." foi o verso da música que ficou na minha cabeça após a leitura do post.

    Bjo

    ResponderExcluir
  60. Olá, tudo bem?
    Por favor, TODOS OS TEXTOS DESSE BLOG SÃO MEUS http://danilocechinatto.blogspot.com/
    ME AJUDE! DEIXE UM COMENTARIO PARA QUE O MESMO SEJA EXCLUIDO.
    PLAGIO É CRIME, E VC COMO ESCRITOR DEVE ME ENTENDER!!
    OBG, LUARA!

    ResponderExcluir
  61. Cazuza também cantava que os que não sabem amar esperam alguém que caiba nos seus sonhos...

    Beijos.

    http://vemcaluisa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  62. Uma semaninha toda linda pra ti querida,,,paz e muito carinho,,,beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  63. Mas que lindo mistério, Ju... Mas, que belas palavras! Estonteantes!

    ResponderExcluir
  64. Mas é lindo o que tu escreves...
    saudades daqui!

    te amo

    ResponderExcluir
  65. Acho que já li esse texto umas 4349282 vezes.
    Eu admiro tanto você, Ju. Escreve de um jeito que não sei explicar, mas eu gosto tanto!

    Linda :*

    ResponderExcluir
  66. Uma otima terça feira pra ti menina linda...beijos. e beijos.

    ResponderExcluir
  67. excelente, eu fico embasbacado com o teu texto.
    teus sentimentos sao lindos, nunca vi nada assim.
    beijo

    ResponderExcluir
  68. ótimo texto, belas palavras e misturas perfeitas.

    bjus e ótimo dia!

    ResponderExcluir
  69. Ju: Lindo texto os teus sentimentos são lindissimo, mas as coisas nem sempre são como nós desejamos e infelismente acabam por ter um fim, mas a vida é mesmo assim de coisas boas e menos boas.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  70. AAA este misto de sentimento que te prende.

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  71. Como sempre: lindíssimo!
    beijos flor =**

    ResponderExcluir
  72. Cada vez mais lindo.
    Tem selinho pra você lá no blog.

    ResponderExcluir
  73. perfeito perfeeeito *-----* eu amo o jeito intenso e exotico que voce escreve :D

    ResponderExcluir
  74. Blog perfeito mesmo"
    Bjws"
    http://nsotudinhos.blogspot.com/
    segue lá tbm"
    "(L)"

    ResponderExcluir
  75. Um sabado de paz, carinho e muita poesia pra ti querida amiga,,,beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  76. Você traduz um amor tão completo. Um jeito de delinear por ele, de forma única. Tem um teor de animação pura, mas ancorada na maior sinceridade, nas doçuras dos afetos.

    Você escreve tão perfeito... a gente só sabe admirar... e admirar...

    Beijos!!

    ps: voltei a escrever hoje Ju. O recesso acabou rs. Quando puder passa lá para tomar um chá comigo.

    ResponderExcluir
  77. Menina! Eu me sinto dançar enquanto leio tuas palavras.
    Vou confessar uma coisa em relação a este texto: fiquei tão encantado com o teu ritmo, que ao fim do texto eu já não sabia mais o sentido do que foi lido. Eu só sentia os sons das palavras escolhidas muito bem por você, que dá esse ar de arrebatamento na gente quando lê. Teu espaço é fantástico. Você é fantástica!

    ResponderExcluir
  78. Ju, já havia visto seus textos por aí e sempre os achei lindos, agora que 'encontrei' seu blog. Adorei aqui, vou voltar sempre pra te ler!
    Beijos

    ResponderExcluir
  79. Save the waltz!!! Pensei em Zelda Sayre Fitzgerald pedindo para que depois de todas as danças, pelo menos aquela ele guardasse pra ela. Mesmo qeu fosse antiga, mesmo que a noite estivesse terminando e mesmo que o filho deles viesse desse último delírio.

    Dançando,
    T.

    ResponderExcluir
  80. Pois, não gosto de amor calmo, lento... gosto daqueles que abala todas as minhas estruturas! ^^

    Beijos, boa semana!
    ;*'s

    ResponderExcluir
  81. hummm... pensaria nisso como a música: "... na fila do pão"

    ResponderExcluir
  82. Ju,

    Seus textos, são daqueles que a gente nem consegue comentar.
    Te toca a alma, anestesia.
    É minha flor, me anestesia.
    Tão lindo que é.


    Como você, que tanto adoro.

    Um beijoooo

    ResponderExcluir
  83. te desafio tb a escrever o pq escreve. já linkei seu blog no meu texto

    ResponderExcluir
  84. Bonito, mas com certeza, algumas peças são mais dificies de desmontar do nosso coração...

    Fique com Deus, menina Ju Fuzetto.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  85. Sempre fantastica escrite amiga , vc é linda beijo *

    ResponderExcluir
  86. Eu que agradeço pelos seus comentários sempre tão carinhosos e cheios de incentivos.
    Você também é uma linda, por dentro e por fora.
    E to com saudades dos teus textos que me fazem viajar :)

    Beijo grande, flor!

    ResponderExcluir