Deixa ser.

Não baby, nem vem com essa. A história é minha. Eu sei muito bem, que tudo não passou de uma distração de cílios. Tá tudo bem. Não se importe com o sangue que jorra dos meus joelhos. Nem com as lágrimas. É tudo tão sem sal que não arde.
É apenas charme moço. Entenda. Esse choro eu carrego sempre no rosto, escondido na risada frouxa, é disfarce, de coração bobo de menina grande. E fique tranquilo não vai ficar nenhuma cicatriz aqui e se ficar, eu escondo com base. Dá pra controlar a superficie da dor, mas não as suas mudanças.
A doce troca de olhares. A tentativa traiçoeira de viver no raso, ainda dificulta minha respiração. É lenta essa troca de identidade, é absurda, não existe regras. E por isso abro mão da felicidade. Porque é maior essa força que me empurra para o vazio. É nesse oco do peito que a falsa alegria faz moradia deserta.
Deixa meu peito sangrar, baby. Deixa sair aquilo que teima em ficar. Ando subornando lágrimas, congelando idéias e sacrificando meus silêncios. É tarde moço. Desliga sua voz, pausa teu ouvido no play da minha loucura e deixa ser.
Não posso criar essa dor, nem alimentá-la ao meu lado por tanto tempo. Mas a hora é de entrega, ainda tenho que sofrer. Insisto na miséria de sentimentos porque não estou pronta para abrir meu melhor sorriso, não hoje meu bem. Mesmo que teus passos reservem alguma esperança. Eu juro. Não quero segui-los. Já atirei pra longe todos os monstros que vieram junto com esse teu amor de faz de conta. Não dá pra tolerar sua compaixão, nem tua candura ao anoitecer. Isso foi ontem meu bem. Não preciso descobrir detalhes sobre tua forma de pensar. Acredito apenas na sua dupla personalidade, nessa tua busca por guerra. E todos esses tijolos amontoados sobre a minha cabeça, ainda são teus. Guardei um a um pra te mostrar o muro de solidão que construi com as tuas incansáveis guerrilhas emocionais. Tá vendo esse sangue espalhado no chão? Foi você que derramou. E essas pedras? Tá vendo! São tuas. Atiro em sua direção mas não acerto nenhuma, é isso vai ver que faço de propósito, quem ama não machuca, não mesmo.

132 comentários:

  1. Verdade.. Quem ama não machuca, mas é bastante machucado..rsrsrs'

    Adorei o post'

    Bjokinhas =*

    ResponderExcluir
  2. Oi , JU !

    Também concordo , ...
    Quem ama não machuca .


    BjO e um Lindo Dia.
    :)

    ResponderExcluir
  3. LIndo tuas palavras JU...

    Sempre lindo alias...

    ResponderExcluir
  4. Amiga linda:

    "Deixa meu peito sangrar, baby. Deixa sair aquilo que teima em ficar. Ando subornando lágrimas, congelando ideias e sacrificando meus silêncios."

    Um texto de desabafo, de deitar para fora tanta dor latente, quem ama não faz sofrer, quem sofre tem que esquecer.
    LINDO!

    Beijinhos muitos

    ResponderExcluir
  5. Oi querida!
    Obrigada pelo carinho.
    Linda postagem!
    Quem ama só traz felicidades.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Meus pensamentos encontraram-se com os seus. Em algumas das vezes, em nossas dores temos que esvaziar a peito e deixar na pele toda a dor que nos queima forte por dentro. Senti-la inteira, para novos espaço se abrirem e as feridas então, cicatrizarem. De amores em pontes ilusórias existem de monte, mas amor raro, o verdadeiro que cuida, limpa. E não machuca, como você disse.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Quem ama não machuca, mas se fere muito...
    bastante...Deixe ser assim...que sempre será mesmo...

    braço e bom texto

    ResponderExcluir
  8. Deixa rolar,,,deixa sentir, o amor é sereno, é calmo, tranquilo, jamais machuca o coração...beijos de lindo dia pra ti.

    ResponderExcluir
  9. ei flor...
    já disse vinicius de moraes...
    "Ai de quem não rasga o coração, esse não vai ter perdão"

    antes sentir isso do que passar a vida como um filme insosso e indolor.


    aaaaah que saudade das tuas palavras.
    grande beijo
    nii

    ResponderExcluir
  10. Que triste e, ao mesmo tempo, lindo:

    "Guardei um a um pra te mostrar o muro de solidão que construi com as tuas incansáveis guerrilhas emocionais."

    Parabéns mais uma vez, jú!
    Suas palavras são lindas, mesmo que "amargas"

    :*

    ResponderExcluir
  11. Dor de amor... devia existir um sedativo para isso...

    Me encanto com tudo aqui Ju...

    LIndo lindo

    ResponderExcluir
  12. "Dá pra controlar a superficie da dor, mas não as suas mudanças."
    Caracaa.. o post todo me lembra algo guardado aqui dentro, bem no fundo do meu peito...
    ADOREI!
    As vezes a gente sangra, mas tudo bem, passa...

    ResponderExcluir
  13. Nossa! "Tá tudo bem. Não se importe com o sangue que jorra dos meus joelhos. Nem com as lágrimas. É tudo tão sem sal que não arde." realmente... Gente tô tão EMO que quase chorei aqui \terror hahahhaha
    O texto tá LINDO. Adorei.
    Beijooo

    ResponderExcluir
  14. Um pout-pourri de emoções mancas
    (que a vida ajudou a secar)
    e vc cuidou de espalha-las aos ventos.
    Ficou perfeito!

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  15. Concordo. Quem ama não machuca... apenas ajuda a curar os ferimentos já existidos.

    Bjos

    Nina

    ResponderExcluir
  16. "pausa teu ouvido no play da minha loucura e deixa ser."
    Muito bom...as loucuras comumentemente normalidades sempre provenientes do amor!

    Obrigada pela visita ao blog
    Seguindo aqui

    Bjos!

    ResponderExcluir
  17. Tu escreves lindamente :'
    Eu amo este blog , beijo e obrigado pela força amiga *

    ResponderExcluir
  18. Me achei aí no primeiro parágrafo. Senti cada linha.


    Tem selo que acabei de postar pra você.
    :*

    ResponderExcluir
  19. Está lindo. adoro mesmo o que escreves!

    A ultima frase é bem verdade. quem ama, cuida.

    ResponderExcluir
  20. Oi Ju,
    O texto está lindo! Parabéns.
    Bjkas e uma ótima 5ª-feira para vc.

    http://gostodistonew.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. "quem ama não machuca"
    verdade ju. também aprendi isso, mas... as pedras com que se acendem as guerrilhas de sangue gravitam ali, em seu redor. contorcionismo, sorte, ou simplesmente imobilidade? hum...
    beijinho com carinho!

    ResponderExcluir
  22. Quando os olhares se encontram é o momento perfeito, mas quando de repente um desses olhares se cruza com outro, e nos deixa olhando para o nada... é a pior coisa do mundo! E não importa a justificativa, nosso olhar estará vazio e nosso coração sangrando, até que... outro olhar cruze com o nosso! hehehe.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Uma oca alegria, um deserto na multidão, o amor pode ter faces cruéis, mas o verdadeiro amor não fere.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Concordo plenamente...
    A felicidade em primeiro lugar sempre.
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Oi, Ju... seu texto encontrou espaço na minha alma... disseste o que muitas vezes sentimos, e não temos a coragem, ou não sabemos, verbalizar.

    É... pensamos que o amor não machuca... fere ou qualquer coisa semelhante..., infelizmente há alguns que amam ferindo, depreciando... talvez pq não saibam amar... dão aquilo que tem.

    Parabéns!!! Amei seu texto.
    bjs Kika

    ResponderExcluir
  26. Um lindo final de semana pra ti querida...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  27. "A tentativa traiçoeira de viver no raso."

    Como eu digo: melhor que transborde - satisfação ou lágrima mesmo -, mas que seja intenso.
    E que o vazio seja traído...

    Parabéns pelos textos!! =]

    Beijo!

    ResponderExcluir
  28. Aaaaaaaaaah teu blog é digno de aplausos ,flor !

    ResponderExcluir
  29. Muito bom. Seja poema ou texto o sentimento jorra pelas palavras, limpo, preciso e claro.
    beijos

    ResponderExcluir
  30. "Desliga sua voz, pausa teu ouvido no play da minha loucura e deixa ser."

    Me encontou de verdade esse trecho. LINDO!

    =*

    ResponderExcluir
  31. Olá querida Ju Fuzetto, seus textos sempre maravilhosos, tendo o amor em destaque. A relação amoroso é feita de encontro e desencontros. Parabéns e um bom final de semana.

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderExcluir
  32. Olá.
    Hoje venho aqui para te convidar para participar do amigo oculto do Mix.
    Passa lá:
    http://www.mixculturainformacaoearte.com/2010/11/amigo-oculto-de-livros-segundo-ano.html
    Te espero!

    ResponderExcluir
  33. Ju é tão lindo o que vc escreveu... Você é capaz de tocar as pessoas com suas palavras.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  34. Não dá pra entender essas "formas de 'amar'". Amor entende e procura se fazer entendido. O triste é saber que existem tantos casais nesse vai e vem do faz de conta emocional.

    Quem machuca sempre colhe o que plantou. Quem é machucado(a) sempre tem cacos para recolher, mas cada um dele representa uma fração da experiência que o(a) abraçou.

    É a lei da vida: Andar, tropeçar, cair e se reeguer.

    Lindo texto, moça Fuzzeto. Rs'

    ;*

    ResponderExcluir
  35. Ju,

    Amor de faz de conta, é a pior coisa do mundoooooooooooooooo!!!
    Quem ama jamais machuca, FATO.

    Lindaaaaaaaaaaaaaa menina poeta, eu adoroooooooo você cada dia mais!

    Beijooooooooooo

    ResponderExcluir
  36. ...
    Beijos pra vc, Ju querida.
    Bom final de semana.
    ...

    ResponderExcluir
  37. E fique tranquilo não vai ficar nenhuma cicatriz aqui e se ficar, eu escondo com base. PERFEITO *--* seguindo õ/

    ResponderExcluir
  38. Eu julgava que não estava pronto para abrir meu sorriso, até que em um dia memorável, eu vi o sorriso de uma criança. E entendi que ainda havia uma criança dentro de mim.
    Um beijo, Ju!

    ResponderExcluir
  39. Você constrói a cada post um lindo lugar ao sol! Parabéns pelo post e por este lugar junto ao vento!
    bj grande

    ResponderExcluir
  40. Nossa, Jú...
    Que texto intenso!
    Maravilhoso!

    Beijos do seu fã tiozão!
    Rs... :p

    ResponderExcluir
  41. Muitos beijos de lindo sabado pra ti querida...fica com Deus...

    ResponderExcluir
  42. Perfeito como sempre, admiro mto sua forma de escrever, e depois, se der, me empresta a base? rs bjaooo!

    ResponderExcluir
  43. Tocante e lindoooo!!
    Gosto muito dos seus textos,Ju!Muito mesmo...

    Um beijo,Flor!
    :)

    ResponderExcluir
  44. "Ando subornando lágrimas, congelando idéias e sacrificando meus silêncios." Belíssima frase! Abraços!

    ResponderExcluir
  45. Temos o prazer de convidar os amigos para ler a entrevista de uma jovem escritora fantástica: Sofia Duarte nos conta um pouco de sua história.
    Contamos com a sua presença e comentário.
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  46. Belo texto Ju!
    Mas eu acho que quem ama machuca sim; as vezes sem querer... mas machuca.
    Machuca porque somos humanos, nao somos perfeitos e nao somos iguais; entao em algum momento, algo vai sair fora do lugar, alguma palavra vai ser mal dita e vai nos machucar.
    Temos que aprender a lidar com essas dores e evitar que elas acontecam (nao tao frequente pelo menos).

    Beijos

    ResponderExcluir
  47. "eu sei muito bem, que tudo não passou de uma distração de cílios. "
    que belo (:

    ResponderExcluir
  48. Você escreve tão bem! Impossível não se identificar, em algum momento.

    beijo!

    ResponderExcluir
  49. Livre, é isso que és...


    te amo minha querida Ju!

    ResponderExcluir
  50. Beijo carinhoso e uma semana cheia de paz e poesia pra ti...

    ResponderExcluir
  51. Ju, desculpe-me, mas quem ama machuca, ás vezes sim. Somos tão complexos, fazemos coisas inconscientemente que mesmo amando podemos machucar. Ainda bem, que existe o perdão.


    beijos

    ResponderExcluir
  52. Certamente você decidiu testar a sua devoção com esse texto.

    Que brutalidade e naturalidade fantásticas.
    Eu mastiguei tudo isso umas 4 vezs e continuo com fome dessas lerinhas.

    ResponderExcluir
  53. PQP eu adoreiii o texto...to fascinada!!!
    Adorei o blog... vou seguir! bjos! otima semana!

    ResponderExcluir
  54. Voltei, li, reli e trili, viu, mas...pensando bem decidi voltar e ficar, olhando, admirando a beleza da foto perfil, uma lindura, pra vc minha linda poetiza bjos, bjos e bjossssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  55. Ah não...machuca não...o amor faz miséria, é verdade. Mas é uma miséria deliciosa!

    Muito bom teu espaço, moça. Obrigada por deixar o caminho para eu chegar aqui =)

    beijos doces

    ResponderExcluir
  56. Ju, minha linda, parabéns pelo texto e pela visita!
    bjoxxxxxxxxxxxx e boa semana!

    ResponderExcluir
  57. Por isso vivo o amor até a última gota, não mata!

    Adorei aqui, voltarei!
    Beijos doces...

    ResponderExcluir
  58. Quem ama cuida.
    Adorei o post, de verdade. Lindo.

    ResponderExcluir
  59. ja fui embora ja ha muito tempo e nao volto mais. obrigada, boa semana minha linda, beijo (:

    ResponderExcluir
  60. Quem ama realmente não machuca, mas isso tem limites, o meu coração é de carne, e o seu??

    Toda acão tem reação. isso é lei!!!


    Boa sorte querida!

    ResponderExcluir
  61. "quem ama não machuca" Quem ama cuida.

    Se quem te faz sofrer é quem amas , para seres feliz tens que esquecer.

    ResponderExcluir
  62. Juuu,
    me diverti pra caramba!
    rsrs
    Obrigada!
    Deixa eu dizer, que adorei essa tua foto do profile! =)
    Tão cara de felicidade.

    ResponderExcluir
  63. adoreii a forma como escrevei esse post...seguindo =*

    ResponderExcluir
  64. Ótima terça-feira minha querida Ju!

    ResponderExcluir
  65. Uma belissima terça feira pra ti querida,,,beijos e beijos de amizade e paz.

    ResponderExcluir
  66. Ju, belos escritos. Parabéns. Uma frase me chamou atenção em especial: "não estou pronta para abrir meu melhor sorriso, não hoje meu bem. Mesmo que teus passos reservem alguma esperança. Eu juro. Não quero segui-los." . Também me sinto assim...cansada de sofrer mesmo que seja por alguém q não me queira fazer isso! Rs Tendeu? RS
    Sigo-te, linda! Bjs e sucesso

    ResponderExcluir
  67. LINDO e INTENSO! Amei! O texto, o blog, tudo! Estou a seguir. Parabéns! Beijo!

    ResponderExcluir
  68. "Pergunte ao seu Orixá: o amor só é bom se doer."


    Canto de Ossanha.

    ResponderExcluir
  69. eita obrigada ;)
    nesse momento que te leio estou tentando escrever um post, nao sei se vale a pena....
    coisinha chata, os seres humanos..
    por mim deletava meu blog ja
    impulsividade sou eu
    tchau!! bj,

    ResponderExcluir
  70. O problema é se nao se conseguir continuar.

    ResponderExcluir
  71. "Distração de cílios foi uma coisa muito linda, Ju! =)

    Beijos!

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  72. ai, ai... me identifiquei!!! hahaha pq será??? beijo juuuuuu

    ResponderExcluir
  73. Ju: lindo texto é bem verdade que quem ama não se queixa de nada. mas o amor pode causa grandes dores, e sem uma pinta de sangue, mas faz sofrer o coração.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  74. Uauuuu!!!amiga seus textos são demais...!!!amei!!!o negócio é deixar rolar...e sendo amor não se pode doer...amei!!!serei sua seguidora...beijos queridaaa!!

    ResponderExcluir
  75. Pior que em geral é quem mais nos machuca..
    Beijão

    ResponderExcluir
  76. Oi linda Ju!
    Que encanto seu blog, suas palavras!
    Vc escreve com a alma o que se passa no coração...
    Quem ama não machuca...
    Tudo lindo aqui!

    Te seguindo com carinho

    Beijos

    ResponderExcluir
  77. "Deixa meu peito sangrar, baby. Deixa sair aquilo que teima em ficar. Ando subornando lágrimas, congelando idéias e sacrificando meus silêncios."

    Esse trecho em especial me diz muito.

    Excelente texto Ju! Você se supera a cada dia! Lindo lindo lindo!!!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  78. Minha linda, que saudade de conversar com você.
    Espero que o trabalho não esteja te consumindo!

    um beijo, não me esqueça.
    amo-te!

    ResponderExcluir
  79. Ju, bom dia! Estou passando pra dizer que tem selinho pra você. Pegue-o e participe da Campanha! Bjs, querida! :))

    ResponderExcluir
  80. BEijão imenso de bom dia pra ti querida...fica com Deus...

    ResponderExcluir
  81. Oi , Ju !!!!


    Tão bom receber sua visita ... :)


    BjO bem Grande e um Dia cheinho
    de Coisas Boas ...

    ResponderExcluir
  82. tem horas que a gente tem que sofrer né? pra dor acabar logo.
    Boa sorte e continue escrevendo pra gente.
    adorei a visita!

    bjo
    ;)

    ResponderExcluir
  83. Sobre o seu comentario, Sergio Sampaio te musicas maravilhosas :D

    ResponderExcluir
  84. Doce Ju, que presente meu passar por aqui, estava no blog da Valeria, e vi seu rostinho...
    deu vontade de olhar, e me encantei com seu blog. Quanto amor no ar , que gostoso.
    Seguiremos vc, sim.
    Aproveitando que vi, que mora em SP, estamos com nosso 1 Sorteio, e vale para paulistanas, um mimochic super especial, escolhemos com muito carinho.
    ! DAY SPA , num salão no ItaimBIbi.
    nos sentiremos honradas se quiser participar, e principalmente se te-la como seguidora em nosso cantinho.
    Esperamos retribuir com todo esse carinho ,no nosso blog tambem.
    Bjs
    Lulu & Sol

    ResponderExcluir
  85. Beijinho doce de bom dia pra ti querida,,,,

    ResponderExcluir
  86. Minha amora linda, espero que esteja bem..
    o feriado se aproximando!

    um beijo ,amo-te

    ResponderExcluir
  87. sua perfeita,estou pra ver alguém que escreva tão bem quanto você meus parabéns. AMEI A POSTAGEM,e amo seu blog pode ter certeza que já sou sua fã !
    se der passa no meu postei coisas novas http://vivendonocapricho.blogspot.com/
    BEIJOS E MUITO SUCESSO !

    ResponderExcluir
  88. Flor, me identifiquei demais com esse teu texto...
    beeeijooos

    ResponderExcluir
  89. Veja hoje no Castelo do Poeta, http://castelodopoeta.blogspot.com, vídeo da dançarina Melissa Assumpção. Ainda tem muito mais lá. Se gostar não deixe por gentileza de comentar, seguir e indicar em nome da arte brasileira. Abaixo poema meu.

    João Lenjob


    Presente Em Meu Presente
    João Lenjob

    Eu tenho medo
    Não quero perder-te
    Nem deixar-te
    Nem que me deixes
    Não quero o futuro
    E não me preocupo com o passado
    Mas hoje nem penso em destino
    Porque evito não ter-te ao meu lado
    Evito pensar em meus caminhos
    Porque nem sei ver-te distante
    Nem tão longe e nem pouco longe
    Somente presente em meu presnte.

    ResponderExcluir
  90. A menina mulher
    mais mulher menina que eu ja vi,
    os truques "futeis", com a realidade crua.
    e desculpe baby,e desculpe baby...

    ResponderExcluir
  91. Um final de semana cheio de paz pra ti minha linda amiga,,,beijos.

    ResponderExcluir
  92. Oi Ju,
    Passei para desejar a vc um ótimo final de semana.
    Bjs

    ResponderExcluir
  93. Venho trazer um pouco de poesia e desejar que seu fim de semana seja de mil cores, que tenhas muitas alegrias!


    Com Novembro a chiar nestas cigarras
    as acácias sangrando suas flores
    e um sol afirmativo num céu alto

    Espero a tua carta e a minha vida

    Uma pausa do tempo em minhas mãos
    preenchida
    pela contagem das horas
    nas cigarras e pétalas caídas.

    Mário António
    (poeta angolano)

    Bjs

    ResponderExcluir
  94. Olá Ju!

    Obrigado pela visita e elogios ao meu blog. Estou seguindo o seu até porque, apesar do meu ser de variedades, curiosidades e imagens, gosto dos blogs intimistas. Adoro ler!
    Bjs.
    Milton!

    ResponderExcluir
  95. Obrigado amiga *.*

    A trilha se chama : Thousand Foot Krutch - Wish You Well

    ResponderExcluir
  96. Mas me fala de você.
    tchan tchan! bjos.

    ResponderExcluir
  97. Um belissimo sabado pra ti querida,,,muito carinho e paz...beijos.

    ResponderExcluir
  98. É o que eu sempre digo! Gente, amor não deveria ser uma guerra, na minha opinião. Na verdade, acho que não é. Quando faz sangrar, quando machuca alguém, já deixa de ser e se transforma em orgulho, AUTORIDADE e puro ego. Seu texto tá mara. Adorei o uso do "baby" e a aproximação da conclusão.

    ResponderExcluir
  99. Ótimo final de semana pra você!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  100. Quem ama espero o melhor, deseja o melhor,
    quem é amado nem sempre tem o melhor de si para dar.

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  101. Olá,

    Obrigada por visitar e comentar no meu blog!

    Gostei do seu espaço. Seguindo!

    http://omundoparachamardemeu.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  102. Minha querida

    Lindo como sempre...vivo e vida este texto.

    deixo um beijinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  103. Menina, seu blog foi um achado! Vou voltar sempre!! Beijos

    ResponderExcluir
  104. Quem ama não machuca...

    É verdade. No âmago das sensações, ficamos muito cegos e alvos fáceis. NO fim sempre somos machucados mesmo.

    =/

    Beijos!

    ResponderExcluir
  105. Oi linda!

    Me indentifiquei MUITO com esse texto lindo!

    beijooooooo!

    ResponderExcluir
  106. 'quem ama não machuca, não mesmo.' - lindo demais, guria, fiquei sem palavras pra esse seu texto!
    Amei seu blog, voltarei sempre, sempre!
    beeijo

    ResponderExcluir
  107. No amor tudo se inclui até a dor.

    Um beijo ;*

    ResponderExcluir
  108. "quem ama não machuca, não mesmo."
    Fodah!
    =)
    BjO

    ResponderExcluir
  109. Nossa que texto magnífico!
    Realmente, quem ama nao machuca.

    ResponderExcluir
  110. Geeente que sacada de mestre

    '' Esse choro eu carrego sempre no rosto, escondido na risada frouxa, é disfarce, de coração bobo de menina grande.''

    PERFEITO DEMAIS!

    ResponderExcluir
  111. Uma terça feira toda linda pra ti menina,,,beijos.

    ResponderExcluir
  112. Minha querida:
    Sinto a sua falta por aqui, espero que esteja bem.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  113. Minha querida, como está? saudades ein!
    uma ótima semana, beijos!

    ResponderExcluir
  114. Quando se ama a dois, um não pode abdicar da sua felicidade para o outro. Essa felicidade deve ser em comum! Pois, quem ama não machuca, não prende, deixa o outro ser livre. O amor deve nos fazer feliz, deve ser leve, nos trazer alegria.

    Beijos,
    boa semana!

    ResponderExcluir
  115. Um grande beijo e um dia de paz pra ti amiga,

    ResponderExcluir
  116. Deixei um selinho para seu blog lá no Devaneios Fugazes confira. Beijos!

    ResponderExcluir
  117. Essa é a busca eterna: conciliar o amor e a dor. Amar e nãos e rmachucado. Bem difícil.

    Que a nossa fragilidade seja sempre respeitada e nunca, nunca, ng nos machuque. (yn)

    ResponderExcluir
  118. Muito obrigada pelo desejo, Ju. E se você se viu em cada linha, desejo que a tua alma se acalme também!

    É muito bom receber esse tipo de comentário, enriquecedor. Saiba que você me encanta a cada texto, comentário, elogio.

    Beijo grande, flor!

    ResponderExcluir
  119. pensando se esse texto é pessoal...

    me pareceu como se você estivesse retirando algo maligno do seu peito, como se apenas escrevendo pudesse se libertar. ás vezes funciona comigo [estava só pensando...]

    ResponderExcluir