Não se engane.

Não se engane com meu olhar doce, nem com a minha mania de espremer os olhos, quase fotografando o vento. Sou simples, mas o coração é sofisticado. Guardo certas belezas invisíveis e a feiura de gente sem emoção não apetece a embriaguez de minhas mãos atrapalhadas. Sou o inverso que não acomoda a rotina, não tranquilizo, sou uma espécie de metamorfose, uma rosa quase espinho. Sou a faca que corta a mentira, sou o beco da neurose perdida na exatidão. Exagero no sentir, meu alicerce aguenta. Fui moldada no aço, mas flutuo feito pluma. Sou o blefe, nasci sem etiqueta pro comodismo. Não enceno, escrevo. O papel é minha jogada, histórias são meus pretextos contra os males do mundo.
Jogo o roteiro pra cima e corro pra pegar. Tenho pernas, mas ajo como se tivesse asas. Tenho pressa, mas prefiro chegar atrasada. Meu script é uma piada, minha vida é bem real.

18 comentários:

  1. «minha vida é bem real»
    Podes crer e quando menos esperamos torna-se mais real ainda.

    ResponderExcluir
  2. Uau!

    ah.. como adoro ler o que escreves! Estou sendo sincera'

    Texto perfeito.. viajo em suas palavras e me encontro.

    bjoo

    ResponderExcluir
  3. Há quem pare no olhar, há quem busque a alma.

    ResponderExcluir
  4. Também exagero no sentir e ajo como se tivesse asas. Acho que deve ser o lado poeta , te dando motivos a mais, sempre mais do que o real.

    Achei esse texto muito lindo, sincero, verdadeiro, profundo.

    Bjinho

    ResponderExcluir
  5. Esse texto me lembrou a música Reconvexo, cantada pela Bethânia.

    Muito bom, Ju!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Tomara que eu não me engane. Que escritora massa.
    Que crônica meio conto meio poema
    que me deixaram tonto.
    te amei poeta.

    ResponderExcluir
  7. Ah Ju! Que isso? Pra que tanto talento numa unica alma? Pra fazer tão bem as pessoas que aqui te leem né?!
    Me identifiquei tanto com este escrito sabe?
    Acho que as pessoas se enganam com algumas coisas sobre mim. Minha fala é mansa, meu olhar sincero... mas não sou perfeitinha, sou até bem complicada. rs
    Mas como vcoê diz, meu alicerce aguenta.

    ResponderExcluir
  8. Quanto mais corro mais chego atrasada...

    ResponderExcluir
  9. Sempre mágica! Adoro a sua maneira de escrever nesses papéis com palavras tão suas *

    ResponderExcluir
  10. Minha querida amiga, hoje passei aqui para lhe desejar um excelente Natal junto daqueles que ama, e que nunca lhe falte essa tua incrível inspiração.

    Um beijinho amigo

    ResponderExcluir
  11. Que lindo!
    Que 2012 venha assim recheado de coisas boas. Colorido de sorrisos.

    ResponderExcluir
  12. Não precisas encenar, tua escrita é muito bonita para desperdiçá-la. Muito lindo!

    ResponderExcluir
  13. Bons textos....
    te seguindo...

    http://hilariaoliveira.blogspot.com/

    ResponderExcluir