Feeling This

Hei, você já sentiu?
Eu sinto toda hora. Faz um frio danado aqui. Um copo com fanta uva adoça descaradamente a minha garganta. Enquanto lá fora sinto o mês de Agosto entrando pelas frestas da porta. Nunca me senti tão confortável. Nem imagino um Agosto voraz antecedendo um Setembro primaveril. É que por tanto tempo observei os ventos trazidos, pelo olho mágico da porta. Não, não é fácil. Eu fiz o impossível, desejei com olhos de inverno que o tempo parasse no mês de Maio.
Tem incenso de canela aqui. Tem alguns livros sobre o chão de madeira. Encontro a poesia nas linhas tangíveis de uma história nossa. Tem um abraço gelado aqui também.
As palavras escorrem entre as dúvidas plausíveis. Um sopro de luz na janela opaca, uma rasura no peito.
Eu joguei meu coração na lareira e deixei queimar. Não te convido à entrar neste porão de devaneios. Nem chore por mim.
Há versos pincelados e beijos que pintei com giz de cera. Você poderia vir buscar. Tomar um Frozen Coffee na Padaria da esquina, rir das minhas caretas, escondendo seu jeito sério por trás desses olhos de céu.
Ainda sinto teu cheiro de avelã. Respiro a saudade em cubos de gelo. Madrugada fria.
Suspiro lento, me deito sobre o chão. Nas mãos algumas cartas. Pedaços de você descritos na alma. Um peso sobre as retinas. O sono me devora pausadamente.
Essa coisa toda de amor rondando cada centímento dos meus sonhos. E você ali ternamente deitado ao meu lado observando cada gesto da Lua. Um tango, jazz, blues e você. A cabeça girando, goles de caféina no café da manhã.
Café só é bom pra despertar. Nem venha me cobrir com seu casaco de couro. Eu quero mais é sair por essa manhã escandalosa de Agosto e deixar essa ventania me arrebatar.
Teus risos, sufocam a alegria imaginária do nosso amor. Eu quis tanto tocar essa sua vidraça blindada. Eu quis te roubar do Agosto assombrado e desenhar um Setembro colorido, poderíamos beber as cores de um arco-íris.
Agora me deixa, descomplica esse teu jeito torto de me olhar e me veja pelo melhor ângulo, meu sorriso vai te cercar nas suas muralhas de pedra. Eu me ajeito melhor nas prateleiras do inverno. Deixa passar. Setembro virá.
Nós vamos nos encontrar. E será?
Que dá pra sentir?
Só um pouquinho...

90 comentários:

  1. O mes de agosto entra com seus frios e calafrios,,,ventos que penetram a alma, enquanto a gente vai sentindo tudo na pele,,,,beijo pra ti moça bonita,,,tenha uma semana cheia de carinho....

    ResponderExcluir
  2. JU, que texto liindo *--*
    "Eu joguei meu coração na lareira e deixei queimar. Não te convido à entrar neste porão de devaneios. Nem chore por mim."

    perfeito!

    beijocas =*

    ResponderExcluir
  3. Eu quis tanto tocar essa sua vidraça blindada...

    Incrivel esse dom, da gente encontrar no texto todo, ou em partes dele, coisas nossas que ficaram gravadas na memória do coração.

    Juuuuuuu, amada, Deus conserve esse seu DOM.

    Te abraço forteeeeeeeeeee, minha linda!

    ResponderExcluir
  4. Retribuindo a sua visita e encantada com suas palavras.

    Parabéns! Tocantes...Você escreve muito!

    Semana de sorrisos de alma!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá, primeira vez aqui no seu blog, e fiquei encantada com seus textos. Parabéns! Voltarei mais vezes. Bejos

    ResponderExcluir
  6. Uau!!
    Que perfeito!!! *-*

    A cada dia me encanto mais com suas palavras...

    bjoO

    ResponderExcluir
  7. Texto com cara de aconchego!
    E é do nosso abrigo, do nosso porão de devaneios que saem os melhores "feelings" e pensamentos.
    Beijo

    Seguirei e linkarei.

    ResponderExcluir
  8. Da pra sentir. Lindo o teu texto.
    Em cada palava encontra-se um extase de conforto e magnetude, voce retrata tao bem qualquer situaçao que fico com vergonha do que escrevo, rsrs. (:

    ResponderExcluir
  9. olá, olá... obrigada pela visita!
    bju

    ResponderExcluir
  10. Menina, vc escreve super bem!!
    Parabéns!!

    bj

    ResponderExcluir
  11. Esse Feeling ficou na alma,Ju!
    Como pode escrever assim??Fico boba aqui!!rs
    Amei o final *_*

    Lindaaa!
    Um beijo em você!

    Ps:continuo por aqui mais poquinho,lendo e relendo \o/

    ResponderExcluir
  12. As vezes o frio é mt intenso, mas não podemos chegar no nosso coração.
    Ju, lindo o texto.
    tenhas uma ótima semana.
    Aqui no RS está mt frio...

    ResponderExcluir
  13. E usando as palavras do Everson que com muita propriedade se refere a ti como moça bonita, digo:
    Muito grato pela visita moça bonita! O teu blog é Dez, viu minha linda? Gostaria de segui-la, posso?
    Então, um beijo em teu coração, um abraço.

    ResponderExcluir
  14. Oi Ju; Lindo o teu texto Agosto muito calor ca em Portugal agora cá é para estar em casa há noite todo pelado, eu não gosto de calor gosto mais do tempo Frio, me desculpa a minha linguagem de eu dizer pelado,
    Um beijo
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  15. Você escreve tão bem.
    Estou seguindo.

    Obrigada pela visita.

    Abraço meu.

    ResponderExcluir
  16. Agosto é mês do cachorro louco, diz um ditado que nunca nunca entendi, nem nunca procurei entender. Mas acho que seja mesmo, é até na sua literatura (tão bonita, aliás). Talvez esse papo de astrologia tenha algum sentido e, anualmente, os astros se juntam, bravos, e resolvem nos magnetizar de um jeito meio esquisito nos meses de agosto. Mas é isso daí, setembro ta logo ali... E será?

    ResponderExcluir
  17. Que todo novo mes, todo novo ano, todo novo dia traga, ao menos, a luz da esperança para a realização do que desejamos ^.^



    ;*

    ResponderExcluir
  18. Olá querida Ju, seus textos sempre reflexivos, desafiadores, escritos do fundinho da alma,e agradáveis de ler, muito bom!E a qualidade de sempre.

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderExcluir
  19. Que lindo Ju!
    Da pra sentir a frieza da saudade e o fervor dos sentimentos vivos (amor)!
    Mais um texto belo!

    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  20. Ai meu Deus, quantos sabores e cheiros, me senti em campos do jordão curtinho o frio chiquérrimo hehe, aiai, esse texto foi um sonho! Bjaooo!

    ResponderExcluir
  21. Agosto é bom fim do mes tem bolo aqui..

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  22. Esse setembro vai ser tão lindo.
    espero que seja o mesmo do meu calendário.
    Doce e suave Setembro.

    Beijo meu Ju, te sigo.

    ResponderExcluir
  23. Ficou ótimo, Ju, sempre interessante o jeito que você escreve...
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Lindo de viver! Agosto e seus ventos tirando tudo do lugar,mas é prenuncio de primavera onde as cores vem pra ficar,a calmaria de seus perfumes com romantismo no ar. Quem quiser poderá se chegar e ficar,basta sentir a estação e deixar florir o coração.
    Não sou muito intima do mes de agosto,mas, sei que os ventos levam pra longe o que não precisa ficar,rs...Que fique o amor! Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  25. Um doce beijo de bom dia pra ti menina,,,paz e carinho sempre.

    ResponderExcluir
  26. a arte de encontrar poesia nestes ventos do inverno, nestes amores que o agosto leva, nas esperanças que o setembro traz, poesia em goles de fanta uva!

    genial e lindo

    abraço

    Rafa Feck

    ResponderExcluir
  27. Doce poetisa Ju!

    Como é bom sentir seus versos aqui.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  28. Oi Ju,
    Eu adoro os dias ventosos de agosto e seu texto deu um sabor romântico aos mesmos.
    Bjkas e um bom dia para vc.

    ResponderExcluir
  29. Ju,
    Obrigada pela visita.
    Adorei seu texto e que venha
    agosto,setembro.. e outros textos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Realmente Ju, o amor é assim mesmo. Depois de um tempo os caminhos podem se perder =/ Obrigada pela visitinha.
    Adoorei o seu texto. E que setembro venha com tudo ;)
    Beijoos
    Mandy

    ResponderExcluir
  31. Dá para sentir muitas coisas ao ler seus textos tão sensíveis. Beijos, fofinha!

    ResponderExcluir
  32. Que inspiração, adorei o texto, super bem escrito linda.
    otima semana Ju beijocas

    ResponderExcluir
  33. Minha querida Ju
    um belo texto muito bem escrito, como sempre.

    Beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  34. Beijo carinhoso de bom dia pra ti menina linda,,,cuide se...

    ResponderExcluir
  35. Vida é o que não falta em você, e nas tuas palavras. E que você retrata tão bem, em metáforas e devaneios.

    BeijooO linda.

    ResponderExcluir
  36. Obrigado pela visita! Vc escreve muito bem. Gostei muito do seu texto, as metáforas, a sensibilidade.
    Acompanharei seu blog! Bjs

    ResponderExcluir
  37. Encantada com suas palavras! Parabéns!
    Até a próxima postagem.. beijos!
    Te espero no meu.. rs

    ResponderExcluir
  38. "Agora me deixa, descomplica esse teu jeito torto de me olhar e me veja pelo melhor ângulo, meu sorriso vai te cercar nas suas muralhas de pedra. Eu me ajeito melhor nas prateleiras do inverno. Deixa passar. Setembro virá."

    Ju do céu, que maravilha de texto! Suas palavras brilham, Querida. Parabéns! Um beijo enorme de quem não esquece desse seu dom mesmo que um pouco ausente.

    ResponderExcluir
  39. Olá meu anjo,

    Tive um probleminha na net, estavam plagiando meus textos e para evitar dores de cabeça eu resolvi abri-lo somente para os amigos.Caso te interesse em ler meus devaneios e insanidades, me envie seu email para que eu te envie o convite ok?

    Um grande beijo.

    felinamulher@gmail.com

    ResponderExcluir
  40. Olá meu anjo,

    Tive um probleminha na net, estavam plagiando meus textos e para evitar dores de cabeça eu resolvi abri-lo somente para os amigos.Caso te interesse em ler meus devaneios e insanidades, me envie seu email para que eu te envie o convite ok?

    Um grande beijo.

    felinamulher@gmail.com

    ResponderExcluir
  41. Oi flor!
    Vim deixar meu carinho e o calor da minha amizade.
    Tenha um ótimo fim de tarde.
    Carinhosamente, Lady.
    Bj

    ResponderExcluir
  42. Doce menina...

    Belo escrito, palavras guarnecidas, tocadas, sentidas e na sua profundidade desenhando um outro olhar
    Vejo que és uma amante do Outono, da solidão e da pouca felicidade que ele nos trás e das recordações das amarguras que nos faz entristecer e nos deprimir.

    Muy besos afecto y la ternura

    ResponderExcluir
  43. Eu careço de emoções, as poesias sempre me emocionam. São escritos raros, feito com amor.

    Beijos de boa noite.

    ResponderExcluir
  44. Olá! Adorei seu Blog, axei MTO interessante! Vou te seguir! Eu criei o meu a um mês e alguns dias, se quiser dar uma olhada fique a vontade!
    Bjx

    ResponderExcluir
  45. Belíssimas palavras !
    escreves divinamente...

    beiijo,
    *.*

    ResponderExcluir
  46. Beijo carinhoso de bom dia pra ti querida.

    ResponderExcluir
  47. Olá.

    Belas palavras. Consegui seu blog através do Le poete en Fleur. Gostei muito daqui.

    Abraços

    ResponderExcluir
  48. Poxa que texto bonito!
    Adorei, dar pra ver todas essas cenas na minha cabeça!!!
    A espera sempre incomoda,né! Ando passando por isso nos últimos dias! Esperando, esperando,esperando...mas uma hora tudo se encaixa, tudo tem um porque...amanhã é outro dia!!!

    Beijos amor.

    ResponderExcluir
  49. Ju, passei para agradecer a sua visita ao meu blog de viagens e me encantei com o seu blog e o seu texto.Depois vou voltar para ler tudo, com mai tempo.Se vou te seguir? Claro qu sim! Adoro textos bem escritos e que transbordam sensibilidade.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  50. Eu nem sei mais o que comentar aqui Ju.
    Eu só posso te agradecer por me inundar de emoções assim.

    Parabéns, sempre, parabéns. Sou sua FÃ! (:

    ResponderExcluir
  51. Beijo carinhoso de otimo final de semana pra ti querida,,,paz e serenidade sempre....

    ResponderExcluir
  52. Ju...
    corações...
    precisam de chispas...Beijos
    Leca

    estou escrevendo sobre...
    Nat King Cole...
    Beijos
    Leca

    ResponderExcluir
  53. Uma confusão de pensamentos, mas que de alguma maneira fazem sentido. Adorei o texto, você escreve muito bem! :D

    ResponderExcluir
  54. Ju, que interessante, como é importante nos sentir, mesmo se dentro de nós houverem temporais ou sóis de iluminar, é preciso entender interiormente para seguirmos!

    Um beijo grande! Òtimo fds!
    Ju

    ResponderExcluir
  55. Adorei a reflexão. Lembrei-me de Feelings de Morris Albert na década de setenta.
    De qualquer jeito ficou maravilhoso, e torna-se um poema.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  56. Beijos e beijos de otimo sabado pra voce.

    ResponderExcluir
  57. "Eu quero mais é sair por essa manhã escandalosa de Agosto e deixar essa ventania me arrebatar."

    Me achei. Lindo tudo isso!

    ResponderExcluir
  58. MEUDEUS! Que gostoso de ler, deve ter a ver com meu momento, sabe?
    Você me traduziu.
    Eu também torci que o tempo parasse no mês de maio. E agosto começou a contra-gosto, pra mim haha

    adorei.

    ResponderExcluir
  59. Passando só pra avisar que tem selinho pra ti no meu blog :)

    ResponderExcluir
  60. Infelizmente não posso sequer imaginar a sensação de ventos frios assim... Onde moro é sempre tão quente...
    De qualquer forma, adorei teus textos, tão cheios de sentimento, é essa coisa que anda faltando hoje em dia aos nossos escritores e que a gente encontra pelas páginas anônimas de um blog. Meus parabéns!! Continuarei a aparecer.

    ResponderExcluir
  61. Maravilhoso.
    Sem comentários.
    Vim te deixar um beijo grande e uma tarde de domingo maravilhosa.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  62. Nem preciso dizer que o texto ta lindo como sempre Ju, pode chamar de Ju?! rs

    Mas descordo no agosto assombrado, eu amo agosto, amo frio!
    Obrigada pelo comentário lá no Sook
    Se cuida amore...
    xoxo

    ResponderExcluir
  63. Tantos falam do mês de Agosto,né?

    Pra mts, o mês do desgosto,pra mim o mês em que vamos começar a colorir todo aqueles dias cinzas dos meses passado. Lendo vc então, podemos sonhar sem precisar tocar as nuvens, sem precisar sair do chão!!!

    Você é sublime escrevendo e um ser encantado vivendo em meio de nós!

    Te admiro mt!

    ResponderExcluir
  64. Poxa, que lindo. Tens muito talento.
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  65. teus risos sufocam a alegria imaginária do nosso amor...intenso, maravilhoso, vc é d+++ dá show em cada edição, é por isso q sou um viciado em andar, passear por aqui, pra vc minha linda bjos, bjos e bjossssss

    ResponderExcluir
  66. É impossível de olhar torto ... quem o faz ou está doente dos olhos ou ainda nem os abriu!!! Beijo

    ResponderExcluir
  67. BEijo carinhoso de linda semana pra ti querida menina...

    ResponderExcluir
  68. Oi Jú,
    Obrigada pela visita no meu blog.
    Sim, venha me ver mais vezes, me ler, sentir cada verso, emoção.
    To olhando aqui seu blog, lindo seus textos.
    Escreve super bem...Virei tb mais vezes te ler, te ver...
    Esse texto então, me arrepio (desculpe o exagero, rs), =)

    Me vi nesses trechos:

    "Agora me deixa, descomplica esse teu jeito torto de me olhar e me veja pelo melhor ângulo, meu sorriso vai te cercar nas suas muralhas de pedra. Eu me ajeito melhor nas prateleiras do inverno. Deixa passar. Setembro virá".

    Lindo!!!
    Um beijo,
    Fé.

    ResponderExcluir
  69. Ju vim te fazer uma visita e ler os teus contos.
    Voltarei.
    Boa semana.

    ResponderExcluir
  70. Com certeza deu pra sentir, as suas palavras pulsam!

    O seu cantinho é encantador, tem leveza e suavidade!

    Obrigada pela visita! Volte sempre!
    Eu voltarei...

    Beijo doce!

    ResponderExcluir
  71. Ju,Linda!
    Saudades de seus textos!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  72. "Eu quis te roubar do Agosto assombrado e desenhar um Setembro colorido, poderíamos beber as cores de um arco-íris."

    Você passou cada sensação única de cada estação.
    Adoreeei!

    Tava desaparecida, mas, estou por aqui sempre que dá! :)

    Beijos, e mais sucesso!

    ResponderExcluir
  73. Um beijo e um lindo dia pra ti querida....

    ResponderExcluir
  74. JU, vc tem perfil de escritora.
    Este texto (tal como outros que já li) possui um fino recorte literário.
    Parabém pela qualidade da sua escrita.

    Também agradeço a sua visita. Volte sempre, minha amiga.

    Boa semana, beijos.

    ResponderExcluir
  75. Estou doando todo o meu estoque de cores!!!

    Vai um amarelo-ouro aí?
    Vai se iluminar, acredite!

    rs

    Te abraço com força.

    ResponderExcluir
  76. E eu ainda insistia em ser Outono...

    "Eu fiz o impossível, desejei com olhos de inverno que o tempo parasse no mês de Maio. "

    Inspirador.

    beijo enorme.

    ResponderExcluir
  77. Oi Juu,

    Primeiro quero agradecer sua visita e suas palavras cintilantes a respeito das minhas palavras brejeiras...

    Segundo, ganhei mais que qualquer coisa. Venho aqui e me deparo com essa viagem de pés descalços num chão que já pareço conhecer de tanto... A não ser pelo ângulo mais divertido com que tratas... Sou feliz por isso.

    Te beijo, te abraço e te espero sempre...

    z i r i s

    ResponderExcluir
  78. Muito obrigada! Gostei do blog *

    Beijinho.
    Rita f.

    ResponderExcluir
  79. "Setembro virá." mas por enquanto é Agosto que está na porta.

    ResponderExcluir
  80. Bonito, dona. Muito mesmo. O agosto me é estranho. Mas setembro vem ali, com sua primavera 23.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  81. São tantos detalhes que nos faz lembrar pra sempre um agosto que parece que não vai ser "daqueles".
    Eu estou tentando fazer com que meus feelings sejam verdadeiros, independentes de mês ou estação do ano.

    Ah que saudade que eu estava desse universo. Universo das palavras, dos sentimentos. A gente se entendia tão bem né? EU chegava aqui e sentia a paz do mundo dos escritores. Mas eu voltei e dessa vez é pra ficar.

    ResponderExcluir
  82. menina Ju,
    obrigada doce visita!

    seja sempre bem vinda por lá.

    sigo lendo seus textos.

    beijos.

    ResponderExcluir
  83. DEixando muitos beijos de carinho e amizade pra desejar um lindo final de semana pra ti querida....

    ResponderExcluir
  84. Bonito, mas as vezes se isolar acabamos nos encontrando...

    Fique com Deus, menina Ju Fuzetto.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  85. que lindo texto! (:
    um beijo enorme minha querida *

    ResponderExcluir