The as I like him I only know.

Papéis espalhados no banco do carro, um olhar desarrumado junto ao vidro, um contorno encabulado de cílios, bochechas e sorriso cretino.
Seria injusto dizer que seus olhos eram os mais traiçoeiros, seria petulância de minha parte acreditar em todas as suas promessas desgastadas, arrojadas e tão pontuais. Assim como te esperei dentro do trem apertando contra o peito a alegria envergonhada e distante de uma vida louca ao seu lado.
Patife _ Gritei.
Esbravejei contrariada, mas confiante de que alguém capaz de ser tão oco, não poderia suprir com carinho e devoção um coração grande como o meu.
Cantarolando de qualquer maneira estridente e descompassada, algo como I'm yours de Jason Mraz, focada em uma frustrante expectativa, era natural gritar no refrão, mas eu sabia. Eu não era sua. De nenhuma maneira eu poderia ser sua.
O carro seguia solto, minhas mãos forçando o volante dividindo lembranças, frases, gestos e jeitos. A espera era latente em minha memória. Procurar por você novamente seria um erro. Mesmo assim, eu seguia aliviada.
Acelerava o mais que podia para não perder o trajeto da mente que borbulhava desesperos contidos e fragmentados.
Afinal eu estava viva, obsessiva e incredulamente apaixonada.
A estrada era de terra, diminui a velocidade, assim como os batimentos do meu peito desaceleravam gradativamente. Estava perto, perto demais.
Visualizei pelo retrovisor uma caminhonete vermelha, tentei ver o rosto do condutor, mas meus óculos estavam fora do prazo de validade. Bem que o Oftalmologista me avisou, refez minha receita e aumentou 1 grau em cada olho, mas não tive tempo de mandar fazer as novas lentes, maldita pressa de sair sem destino...
A caminhonete me alcançou e ficou lado a lado com meu carro. Parei repentinamente.
Conheci aquele rosto, a caminhonete também parou.
Desci do carro, ele também desceu.
Nos olhamos, reconheci a velha jaqueta de couro Diesel, foi presente meu, aquela que você desdenhou, citando o quanto minha compulsão por griffes me levaria de certa forma para o fundo do poço. Óbvio você acertou em cheio, em partes. Eu vi definitivamente o mais fundo poço. Mas por sua mera e exclusiva causa.
Claro, você ainda usava, afinal 2 anos, eram apenas segundos diante do desespero de uma eternidade. E a aquela jaqueta me fazia lembrar o quanto você era bonito.
Te abracei tão forte, apertei seus ombros de aço e me afundei no perfume que se consumia em meu olfato. Era o mesmo Fleur du Male (Jean Paul Gaultier), o aroma era como notas musicais autênticas, eu respirava você por todos os poros de minha mente. Toquei teu rosto. Beijei uma lágrima, engoli o sabor da distância.
Desviei os pensamentos de sua plenitude perfeita e sem medo parti.
Desta vez levei comigo a fragância de um longo abraço, um pouco de dor lampejando no peito, gotas de suavidade de um beijo e mais...
Mais nada.

120 comentários:

  1. Obrigada por me apoiar nestes momentos difíceis!
    Há um bálsamo em Gileade!
    Grande Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Partiu e levou um pedaço dele, ou ele inteiro dentro do peito.

    Bonito...

    :**

    ResponderExcluir
  3. Bem espero nao estar a tornar-me repetitivo .
    Mas vou voltar a dizer , a tua escrita enfeitiça .

    Continua assim amiga (':

    ResponderExcluir
  4. Depois do Final, as lembranças são o que nos restam. E dóem.

    Beijo

    :)

    ResponderExcluir
  5. ahh prezo sempre por um bom perfuminho ^^

    ResponderExcluir
  6. Ju não será nenhuma surpresa, se um dia, tu nos contares q estás publicando um romance.
    Adoro ler-te sempre.

    ResponderExcluir
  7. Olá Jú, saudades de vc no meu cantinho!

    Eu andei sumida, mas tudo está se estabilizando e logo logo vou visitar todos os cantinhos preciosos, como o seu!

    beijos

    ResponderExcluir
  8. Nossa, muito liindo
    profuundo.
    Gostei daquii parabéns, beijoos

    ResponderExcluir
  9. ah minha linda, esta otiomo o texto. *-*
    Belas palavras, parece que escreve com a alma, admiro isso! Beijos ♥

    ResponderExcluir
  10. Eii Ju,Parabéns pelos textos..são lindos!!
    Postei um deles em meu blog..Bjão!

    ResponderExcluir
  11. Lindo como sempre!
    Adoro seus textos flor!!!

    ^^

    xoxo

    ResponderExcluir
  12. Adoro textos que transcrevem as riquezas dos detalhes, by Gabriel Garcia Marques e vc. Dona Ju, faz brilhantemente sem esquecer até as marcas como Jean Paul Galtier...perfume forte e marcante, jaqueta Diesel... e assim vai. Brilhante lindo texto cada vez melhor, muito melhor minha lindona. Obrigada pelas doces palavras no meu canto. Bjitos no seu coração.

    ResponderExcluir
  13. Querida Ju Fuzetto, o aconchego do contato que deixe a fragância e a sensação suave do toque, levamos e não nos esquecemos...vida que segue...

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderExcluir
  14. Por mais que avancemos um quarto de tempo, um dia que seja, se leva um lamento e a gente olha pra trás e volta ao tempo...

    Lindo texto Ju
    Bjs
    Livinha

    ResponderExcluir
  15. o pra sempre sempre acaba =/
    texto lindissimo *-*

    ResponderExcluir
  16. Oi... tudo bem? Estive aqui e gostei de seu blog, e muito do que escreve. Adorei, vou ser seu seguidor. Conheça os meus blog's e percorre tudo o que escrevo neles, tem bonitos poemas de minha autoria. São blog's realistas.
    www.congulolundo.blogspot.com
    www.queriaserselvagem.blogspot.com

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  17. ...
    Oi Ju,
    Já disse que gosto de suas letrinhas né.
    Então.
    Beijos pra vc.
    ...

    ResponderExcluir
  18. Minha querida
    Mais um belo texto, gosto muito de te ler.

    beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  19. Obrigada pela visita, minha querida.

    Aqui as emoções é que caem do céu.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  20. duas coisas: quando li 'caminhote vermelha' imediatamente me lembrei de crepusculo. e depois, quando li a parte que a moça vai embora, lembrei de ciranda de pedra, da lygia fagundes telles.
    um texto muito bom, mas eu sempre digo por aí: detesto quando a mocinha não fica com o mocinho n final :s
    hahaha
    beijo

    ResponderExcluir
  21. :)

    Seja bem vinda lá na minha terra :)

    "Ah, eu não consigo ser normal, não consigo esboçar um sorriso falso, se estou com raiva não fico sorrindo apenas para posar de boa moça, fecho a cara e sou verdadeira, errática, bombástica, louca, mas sou eu, verdadeiramente eu."
    Gostei MUITO desse trecho!!!

    ResponderExcluir
  22. Obrigada pela visita ao meu blogue. :)

    Gostei muito deste texto... :)

    Continua a escrever.

    Beijinho*

    ResponderExcluir
  23. Jú, não sei nem o que dizer,me emocionei como sempre com seus textos, as vezes me vejo em certas cenas descritas, mas fica essa parte ,linda....Eu vi definitivamente o mais fundo poço. Mas por sua mera e exclusiva causa.
    Claro, você ainda usava, afinal 2 anos, eram apenas segundos diante do desespero de uma eternidade. E a aquela jaqueta me fazia lembrar o quanto você era bonito.
    Te abracei tão forte, apertei seus ombros de aço e me afundei no perfume que se consumia em meu olfato. Era o mesmo Fleur du Male (Jean Paul Gaultier), o aroma era como notas musicais autênticas, eu respirava você por todos os poros de minha mente. Toquei teu rosto. Beijei uma lágrima, engoli o sabor da distância.
    Desviei os pensamentos de sua plenitude perfeita e sem medo parti.
    Desta vez levei comigo a fragância de um longo abraço, um pouco de dor lampejando no peito, gotas de suavidade de um beijo e mais...
    Mais nada.

    PARABÉNS, TEXTO LINDO!

    ResponderExcluir
  24. O amor e seus encontros, contratempos e olhares perdidos sempre,,,,um beijo de carinho e bom dia.

    ResponderExcluir
  25. Juh querida, seus texto sempre fantasticos. Seguiu seu caminho com o consolo da fragância de um longo abraço. É um fiapo de consolo, mas é válido.

    BeijooO'

    ResponderExcluir
  26. Bom dia!
    Lindo seu texto flor!
    Vim desejar um dia iluminado.
    Bj

    ResponderExcluir
  27. Lindo, Lú! A sal da lágrima mesclado ao doce do beijo, sabe a quê? Sabe a Amor! Tem o Sabor do Amor! Mais Nada? Mais Tudo! Mais Amor!!!!

    Declaro-lhe, solenemente, que o meu amor pela minha querida, não tem fim.


    Corações desencaminhados

    Igualei-me a eles

    Quando fui embora

    Bem quando precisaste tanto de mim

    Não te vais arrepender

    Voltarei pedindo

    Não te esqueças!

    Dá as boas-vindas ao Amor

    que uma vez conhecemos

    Sim

    Abre os olhos

    E verás

    Por que eu disse que o meu Amor

    Era sem fim

    Preciso-te ao meu lado

    Vem ser meu Amor Amado

    Jamais serás rejeitado

    Amor sem fim

    Desde o começo

    Abre o coração

    Sente o Amor que tens

    Amor sem fim

    Amor perdura

    Amor perdura

    Corações desencaminhados

    Igualei-me a eles

    Quando fui embora

    Bem quando precisaste tanto de mim

    Não te vais arrepender

    Voltarei pedindo

    Não te esqueças!

    Dá as boas-vindas ao Amor

    que uma vez conhecemos

    Sim

    Quando o Rio do Amor flui

    Ninguém realmente sabe

    Até que alguém esteja lá para mostrar

    O caminho do Amor duradouro

    Como o sol o Amor brilha

    Incansavelmente o Amor brilha

    Sempre serás meu Amor

    Amor eterno

    Onde quer que o Amor tenha errado

    O nosso Amor ainda é forte

    Tivemos o nosso próprio Amor

    Amor sem fim

    Amor perdura

    Amor perdura

    Abre os olhos

    E verás

    Por que eu disse que o meu Amor

    Era sem fim

    Preciso-te ao meu lado

    Vem ser meu orgulho

    Jamais serás rejeitado

    Amor sem fim

    Desde o começo

    Abre o coração

    Sente o Amor que tens

    Amor sem fim

    Trad. da Renata.
    Amor Sem Fim
    U2

    Beijos, Linda.

    ResponderExcluir
  28. Oi Ju, vc tá bem?
    Lindo como sempre seus textos heim?
    Ju, eu estou meio sem chão ainda, tentando assimilar tudo, procurando forçar de dentro de mim.
    Muito obrigado pelas suas orações, que Deus possa ouvi-la, atendê-la e abençoá-la por esse ato.
    Vai dar tudo certo, tenho muita fé nisso.
    Um bj linda
    :)

    ResponderExcluir
  29. Apoio o que disse a Malaguetta
    Eu queria um pra sempre que divesse sempre dentro de mim, e hoje tenho pra sempre a dor daquele amor que acabou.
    linda suas palavras.

    Bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  30. Profundo, uauauu intenso, gosto muito de ler vc, seu texto escorrega, desce, penetra é uma delicia então vc merece bjos, bjos e bjosssssssssssssss

    ResponderExcluir
  31. Cada perfume que nos lembra algo, alguém..a nossa mente voa ao amor..aos sentimentos bons e lindos!

    Um beijo Ju!

    ResponderExcluir
  32. Gostei de novo, Ju. É muito bom ter descoberto tua escrita. (:

    Beijo.

    ResponderExcluir
  33. Ju...
    Que texto lindo!!! Sobre escreve sobre coisas do amor e paixão de uma maneira incrível. A gente consegue imaginar a cena, sente cheiros e gostos...
    Aliás, o amor é tudo isso, emoções, gostos, cheiros e muita imaginação...
    Parabéns, guria!!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  34. Queria passar por tudo isso, tirar as marcas tristes e nunca mais ter que sofrer! Lindas suas palavras, beijos!

    ResponderExcluir
  35. Quando não resta mais nada eis que somos agfogados por tudo que desaparece sem no entanto desaparecer.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  36. Um beijo carinhoso pra ti menina pra desejar lindo dia....

    ResponderExcluir
  37. Belas palavras.
    Deu pra sentir tudo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  38. Mas as tuas palavras encantam...

    Adorei o texto!

    Bjos no coração!

    ResponderExcluir
  39. Nem sei que escrever, são tão emocionantes os teus textos, histórias sempre tão comoventes e descritivas que vivemos contigo os teus sonhos e desejos.
    Parabéns uma vez mais.
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  40. A distância vem carregada de saudade, tão dolorosa..

    te adoro meu amor !

    ResponderExcluir
  41. que lindo aqui..

    me visita?
    http://drykasales.blogspot.com/

    beijos :*

    ResponderExcluir
  42. Cara, que lindo. Realmente, lindo! *-*

    ResponderExcluir
  43. Nossa que lindas palavras.
    Grata pela sua visita no meu blog.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  44. "Afinal eu estava viva, obsessiva e incredulamente apaixonada." oi, essa sou eu, prazer.
    Eu estava vendo a Luiza em várias partes do seu texto, e me lembrei de como é partir depois de um abraço, um beijo e mais nada, levando a dor pra casa. só que meu monstrinho, chamado dor, cresceu depois, chamei de saudade.
    seu blog é maravilhoso, você escreve muito bem, joga as palavras com delicadeza e originalidade e coloca no texto fatos corriqueiros. adorei!*-* virei mais, certamente. beijos e obrigada pela visita, é muito importante pra mim.

    ResponderExcluir
  45. Gostei de seu texto. Bem interessante.

    Leia o útimo texto de meu blog, caso você tenha um tempo. Acho que rolou uma conversa entre eles.

    Tiago

    ResponderExcluir
  46. Ju, eu amo seus textos, não comento muito mas sempre passo aqui para me deliciar, bjs querida!!!

    ResponderExcluir
  47. Incrível como pequenos gestos, jeitos e cheiros me marca tanto. Envolve Ju.

    Um beijo Querida.

    ResponderExcluir
  48. Por isso teu blog é um sucesso, provavelmente não vai ver meu comentário, tem tantos. rs

    Bom, quero dizer que teu espaço é dotado de imenso talento e gostei muito do conceito! parabéns!

    te sigo.

    ResponderExcluir
  49. Valeu pela sua visita, volte sempre, beijos!

    ResponderExcluir
  50. Juuuuuuuuuu, voce me é tão querida sabia???
    A menina dos olhos brilhantes, da alma que dança nas estrelas, do coração que fala e escreve textos tão lindos.
    Flui da sua alma. Extravaza.
    E nos encanta, a cada parágrafo.
    Lindaaaaaaaaaaaaaaa.
    Um abraço do tamanho do universo!!!

    ResponderExcluir
  51. Um lindo final de semana pra ti amiga,,,beijos de carinho.

    ResponderExcluir
  52. Lindo o texto Ju!

    Fica meu carinho aki registrado e um beijo.

    ResponderExcluir
  53. Amei o final...
    O abraço, a dor, gotas de um beijo... Perfeito demais!!
    Ameei!!
    bjos

    ResponderExcluir
  54. Juzinha minha linda,
    a saudade tem cheiro e sabor....

    Obrigada pelo seu carinho, viu!
    Te gosto um montão assim....

    ResponderExcluir
  55. Nossa!!! Lindo texto ^^

    Menina são lindos seus textos.
    Me encantei e ficarei mais por aqui.

    Sigo-te =)

    Beijos.

    ResponderExcluir
  56. Uau! Très bon!
    A parte das grifes é hilária!
    BjO*

    ResponderExcluir
  57. ahh linda.. nosso lar realmente eh onde nosso coracao esta..
    e meu coracao esta nas maos de minha familia...
    entao acho que daria praticamente na mesma! rs..

    um beijo no seu coracao..

    ResponderExcluir
  58. "A espera era latente em minha memória. Procurar por você novamente seria um erro. Mesmo assim, eu seguia aliviada."

    lindo lindo!
    beiijo querida
    *.*

    ResponderExcluir
  59. Maravilhoso seu texto e sua escrita! Obrigada pelo comentário, um beijo =)

    ResponderExcluir
  60. Vim agradecer sua visita e conhecer seu blog... Seus textos são lindos, gostei demais!!

    Estou te seguindo :)
    Bjoo

    ResponderExcluir
  61. Simplesmente lindo!
    Tu desprendeu-se do seu corpo e viajou entre os anseios mais ousados de sua mente.
    Amo tuas escritas....

    Doce beso menina....

    Obrigada pelas palavras...Sinto teu carinho nelas quando me visita.

    ResponderExcluir
  62. Um beijo de lindo sabado pra ti moça bonita....

    ResponderExcluir
  63. "eu respirava você por todos os poros de minha mente. "

    Quando se ama com tudo o que se pode ser, é certo ir em frente, mesmo sem destino..

    Charlie B.

    ResponderExcluir
  64. Uma velha máxima
    "Sei que nada sei"
    Quem sabe?
    Não sei
    Sei que, realmente, não sei
    Eu aprendo
    É sempre um pouco
    Um pouco a cada dia...
    Cada vez que eu percebo que não sei
    Eu acho graça
    E acho graça também dos outros
    Que pensam que sabem tudo!
    E dos que sabem de que não sabem de nada
    Estamos no mesmo barco
    Quem sabe?

    ResponderExcluir
  65. Ai que delícia, a gente fica naquela expectativa pra saber como será o final dessa história! Adoro blogs do tipo!
    Beijos,bom final de semana!

    ResponderExcluir
  66. Seu blog é super fofo *-*
    amei o texto,
    beijos :*

    http://drykasales.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  67. Simplesmente encantada com seo blog e sua forma de escrever . MESMO !
    *-*
    Bj

    ResponderExcluir
  68. Primeira vez que visito aqui, adorei o blog... É lindo, e você escreve muito bem!
    Porém, por questões de orgulho próprio e frescura aguda, só sigo quem me segue q E quem sigo visito sempre... Enfim, se vc for no meu blog gostar e tal, segue tá?
    Bjs

    Ps- To fazendo uma promoção no blog ;P Tá no "all pink", confere lá..

    ResponderExcluir
  69. Passa uma tristeza aqui. O reencontro foi uma fagulha de esperança interessante. Despertou algo que encanta. Você percebe no ar a essência que se forma. Nâo precisa nem decifrar. Simplesmente percebemos. Pelo foco. Pela maneira como o vento resvala na gente.

    A despedida nessa caso é como a ausência de vento. Não sentimos nada. Mas ao mesmo tempo dentro de nós temos tudo que um dia queríamos que algum vento os levasse para que a dor se tornasse mais etérea.

    Mas é a intensidade que tem um valor. É a plenitude que torna algo completo e verdadeiro.

    Texto incrivelmente bonito Ju.

    Você sempre me encantando.

    Um beijo enorme.

    ResponderExcluir
  70. E se as novas lentes te mostrasse ainda mais o qnt esse amor existe?
    a culpa seria dequem? do coração?

    vai entender....


    li seu texto ao som de LOVING IN THE AFTERNOON - LEGIÃO URBANA

    Me deu uma sensação de abandono e ao mesmo tempo de algo tão bom se aproximando.

    Defino que seja a sua sentimentalidade todinha invadindo meu ser com essas nobres e encantadoras palavras do seu doce ser!

    Adoro vc, grande amiga que me compreende de verdade!

    ResponderExcluir
  71. Eu gosto muito desse lugar ao sol perto do vento :)

    BeijooO'

    ResponderExcluir
  72. Adoro essa música...I'm yours de Jason Mraz...também cantarolo...algo parecido com isso...
    Beijos e gentilezas
    Leca

    ResponderExcluir
  73. Eu não tenho nada pra dizer*

    Você parece no momento até saber

    Como, quanto estou sofrendo


    Venha ver pelos olhos meus

    A emoção que sinto em estar aqui

    Seguir seu coração e amando



    Amigos para sempre

    É o que nós iremos ser

    Na primavera

    Ou em qualquer das estações

    Nas horas tristes

    Nos momentos de prazer

    Amigos para sempre



    Você pode estar longe

    Muito longe sim

    Mas por amá-lo

    Sinto você perto de mim

    E o meu coração contente



    Não nos perderemos

    Não o esquecerei

    Você é minha vida

    Tudo que sonhei

    Ligue-me qualquer dia



    Amigos para sempre

    É o que nós iremos ser

    Na primavera

    Ou em qualquer das estações

    Nas horas tristes

    Nos momentos de prazer

    Amigos para sempre


    Amigos para sempre...



    Vários compositores, remexidos agora pela Renata Cordeiro*

    beijos procê

    não consigo sair,
    Amigos para sempre....
    Te amo!

    ResponderExcluir
  74. O bom pefume sempre deixa marcas no coração.
    Bjs,Linda!

    ResponderExcluir
  75. Awn Ju! Seu blog é tão lindo que eu fico até sem jeito de comentar aqui... AMEI o texto! Sério, muito tocante...

    Ó, obrigada por ter visitado o meu Era uma vez... Seja bem-vinda, volte sempre ;P E já estou te seguindo também.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  76. JUUUUUUUUUUUU,que lindo!
    Forte como a paixão...as lembranças e a saudade do que passou as vezes nos é traiçoeira né?

    Bjinho

    ResponderExcluir
  77. Muito bem escrito o seu encontro, espero ter valido cada palavra mesmo!
    bjus

    ResponderExcluir
  78. Um superbeijo pra ti menina e uma linda semana.

    ResponderExcluir
  79. Ôh amiga,lindo post o seu também. Excelente semana pra você.
    Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  80. oooi, tudo bem ?
    estou passando aqui pra divulgar meeu blog ;

    http://lollaramonad.blogspot.com/

    segue que eu sigo o seeu tbb (::
    beijos boa semana !

    ResponderExcluir
  81. Oi linda!

    Sempre bom ler o que escreves!!!

    Beijoooo

    ResponderExcluir
  82. Um lindo dia pra ti querida,,,,beijos.

    ResponderExcluir
  83. texto cheio de cheiro, de sabor e intenso em amor. lindo minha flor, parabéns.



    beijos

    ResponderExcluir
  84. Passei aqui para fazer-te uma visita.

    ResponderExcluir
  85. É tudo o que podemos ter. E carregamos a lembrança, a saudade do que um dia existiu e que hoje está longe demais...

    ResponderExcluir
  86. Estava com saudade de suas palavras.

    ResponderExcluir
  87. Bem dizia que o amor está nos olhos de quem o vê.
    E quem só vê o amor onde não há?
    E quem tem as córneas cegas para o amor?

    Por isso é melhor ver com o coração. Seus olhos não falham.

    bEIJÃO!

    ResponderExcluir
  88. Lindo texto, Ju! Embora eu sempre torça pelos encontros, essas cenas de desencontros, com lágrimas e saudade que aperta no peito, me fascinam, me encantam. Acho que tenho algo de drama em mim! rs


    Beijos, querida!
    Boa noite!

    ResponderExcluir
  89. Ainda bem que você me visitou pra eu poder descobrir você! =)
    Me lembrou aquele trecho do Roberto Carlos que diz:
    "Detalhes tão pequenos de nós dois são coisas muito grandes pra esquecer."

    Achei lindo!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  90. Eu sumi um cado e quando volto encontro esse grande texto, muito reflexivo Ju, saudade mesmo de está aqui de volta.....

    bjaooo

    ResponderExcluir
  91. Nossa Ju! Parecia relatando algo que vivi!
    Incrível como nos vemos nas palavras!

    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  92. Olá!!!
    To chegando para informar que o Mix agora é .com!!!
    Todo o conteúdo do Mix para você, com mais comodidade e profissionalismo!!!

    Mude seu link ok?
    www.mixculturainformacaoearte.com

    ResponderExcluir
  93. um filme passou pela minha mente.

    ResponderExcluir
  94. Um beijo de lindo dia pra ti amiga....

    ResponderExcluir
  95. selinho pra vc no Era uma vez ^^

    ResponderExcluir
  96. Sempre maravilhosas escritas!!!!s2

    ResponderExcluir
  97. texto lindo! sempre bom vir aqui! beijos

    ResponderExcluir
  98. Lembranças boas quando o perfume permanece.Muito bom e bem escrito amiga.Um amor carregado no coração com um beijo colado nos lábios...Fica a certeza que viveu!
    Se puder nos visite
    http://asmeninasdoblog5.blogspot.com/
    Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  99. Um beijo carinhoso de otimo final de semana pra ti amiga...fique com Deus.

    ResponderExcluir
  100. Talvez tenha levado o necessário! o essencial!

    bj

    ResponderExcluir
  101. Talvez, embora ela não saiba, só tenha levado o essencial. O resto não valia mais a pena, por mais que fosse difícil de perder. Afinal a vida é assim, repleto de sorrisos e cheia de lágrimas.
    Você escreve muito bem, de verdade.

    www.menina-normal.blogspot.com
    Queria sua opinião sobre meu blog.

    ResponderExcluir
  102. ...
    Meu beijo, linda.
    Espero que esteja tudo bem.
    ...

    ResponderExcluir
  103. Que tempo algum é capaz de mover de lugar as coisas que decidimos levar com a gente. Quem leva um amor entende.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  104. Segundo teu perfil, Vc não é perfeita e reconhece isso, me diga então quem é perfeito/a?

    Bjooo___incongruente

    ResponderExcluir
  105. Lindo lindo!Parabéns,cada post é mais lindo que o outro!

    ResponderExcluir
  106. nossa com tantos coments, não esquece de pegar os selos no meu blog, beijos.
    http://eraumavezaluh.blogspot.com/p/selos.html

    ResponderExcluir
  107. Linda menina...

    Saudades de tuas escritas.
    Bom começo de semana pra ti...

    Doce beso

    ResponderExcluir
  108. Que alegria ter vc de volta,Ju!
    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  109. Nesta minha 1ª visita,

    achei muito interessante o que escreve.

    Saudações poéticas

    ResponderExcluir